Hospitais passam a exigir comprovante de vacinação para cirurgias eletivas na serra gaúcha

Por Editor em 13/01/2022 às 23:01:35
Em comunicado, rede Tacchini diz que medida vale exclusivamente para adiamentos que não tragam risco de agravar a saúde do paciente. Hospitais de Porto Alegre e interior restringem visitas devido à Covid-19

Os hospitais Tacchini, em Bento Gonçalves, e São Roque, em Carlos Barbosa, na serra gaúcha, passaram a exigir o comprovante vacinal para pacientes que agendarem cirurgias eletivas, ou seja, que não sejam de emergência. A medida entrou em vigor nesta quinta-feira (13).

Leia mais:

Hospitais de Porto Alegre e interior restringem visitas devido à Covid-19

Casos conhecidos de Covid em janeiro já superam novembro e dezembro juntos no RS

Com mais 12 mil casos de Covid e média móvel se aproxima do pico da pandemia no RS

Em comunicado, a rede hospitalar diz que a medida vale exclusivamente para adiamentos que não tragam risco de agravar a saúde do paciente. O hospital ainda ressalta que "o risco de desfecho de um processo cirúrgico é multiplicado" em pessoas com Covid e não vacinadas.

Além da exigência do comprovante vacinal, o grupo hospitalar estipulou uma série de novas regras no seu plano de contingência para o enfrentamento da Covid:

Suspensão das visitas em unidades de internação, permanecendo a liberação de apenas um acompanhante por turno, com trocas em horários definidos;

Necessidade de comprovação do esquema vacinal completo para liberação do acesso a ambos hospitais;

Na UTI, as visitas presenciais foram novamente substituídas pelas videochamadas;

Recomendação para que pessoas idosas não sejam acompanhantes de pacientes;

Uso de máscaras obrigatório durante todo o tempo de permanência nas dependências de ambas instituições.

Hospitais do Tacchini Sistema de Saúde estipularam novas regras para o combate à Covid

Alexandre Busa / Divulgação

VÍDEOS: Tudo sobre o Rio Grande do Sul
Comunicar erro
Sheik Burger

Comentários

Tia carmen