TRE-RS confirma cassação de prefeito e vice de Garibaldi; presidente da Câmara assume cargo

Por Editor em 26/11/2021 às 23:17:30
Alex Carniel e Sérgio Chesini (Progressistas) são afastados, e prefeito fica inelegível até 2028. Defesa diz que irá recorrer no próprio Tribunal Regional e também no TSE. Márcia Pedersetti assume até novas eleições. Alex Carniel (PP) teve a chapa à Prefeitura de Garibaldi (RS) cassada pelo TRE-RS

Prefeitura de Garibaldi/Divulgação

Os juízes do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RS) decidiram, nesta sexta-feira (26), manter a cassação do prefeito de Garibaldi, na Serra, Alex Carniel, e o vice Sérgio Chesini, ambos do Progressistas, por crimes eleitorais. Eles podem recorrer, mas são afastados dos cargos e novas eleições devem ser marcadas.

A defesa do prefeito informou que "vai opor embargos de declaração junto ao Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Sul (TRE-RS), com o objetivo de sanar omissões e contradições e buscando obter efeito suspensivo da decisão que afasta o prefeito e o vice dos cargos". A defesa também irá encaminhar recurso especial para o Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

"Sempre respeitarei a Justiça, mas ela também garante o amplo direito à defesa, e é isso que eu e o Sérgio vamos buscar em todos os tribunais necessários. Porque, afinal, acreditamos na Justiça e na democracia", disse Carniel, em vídeo divulgado nas redes sociais.

Na terça-feira passada (23), o tribunal havia decidido pela cassação. Desta vez, ao julgar os recursos, o TRE-RS tornou Carniel inelegível para eleições realizadas nos oito anos seguintes ao pleito de 2020.

A presidente da Câmara de Vereadores, Márcia Maria Pedersetti (também do PP), deve assumir o cargo interinamente até a realização de novas eleições majoritárias no município.

A coligação Garibaldi Mais Feliz, formada pelos partidos PP, PSL e PSB, foi eleita com 53,68% dos votos.

Vídeos: Tudo sobre o RS
Comunicar erro
Sheik Burger

Comentários

Tia carmen