Gruta Azul

Tendência para o fim da semana: ciclone, ventos e tempestades no Sul

Uma forte mudança do tempo está prevista para o fim desta semana. Um ciclone extratropical traz a expectativa de tempestades, principalmente na Região Sul, além de ventos intensos. Falamos mais sobre essa tendência aqui.

Por Gê do Poa em 24/11/2021 às 09:42:40

Esta semana de fato será com redução do potencial de precipitação em boa parte do país, com chuvas mais concentradas e ocorrendo de forma mais irregular na porção centro-norte. Na porção centro-sul, tempo firme, calor e previsão de pancadas isoladas na terça-feira (23) em parte da Região Sul, sem expectativas de volumes expressivos.

No entanto, mais para o fim da semana, a tendência é de que um ciclone extratropical se forme próximo à Região Sul, provocando uma forte mudança com potencial para tempestades e intensas rajadas de vento. Esse sistema, juntamente com sua frente fria associada, ajuda na organização de umidade no Centro-Oeste e na Região Sudeste.

Tempestades e chuvas intensas já para a quinta-feira

O processo de formação do ciclone extratropical se dá na madrugada de quinta-feira (25), com a atuação de uma baixa pressão nordeste da Argentina, que se desloca em direção ao estado do Rio Grande do Sul já pela manhã. Ao longo do dia, o sistema contribui para tempestades e chuvas intensas em todo o território gaúcho, favorecendo a ocorrência de precipitação na forma de pancadas no sul e leste de Santa Catarina.

Durante a noite e a madrugada de sexta-feira (26), a baixa pressão se aprofunda e dá origem ao ciclone extratropical e sua frente fria associada. Neste período, são esperadas as chuvas mais intensas no norte, leste e sul do Rio Grande do Sul, com probabilidade para intensos temporais no meio-oeste de Santa Catarina e no oeste do Paraná.

Ao longo do dia, a tendência é de que o ciclone se desloque para o oceano e sua frente fria avance pela Região Sul, mudando o tempo em parte do Sudeste e do Centro-Oeste já por volta de meados da tarde. Nesse processo, chuvas na forma de tempestades ocorrem nas demais regiões de Santa Catarina e do Paraná, no estado de São Paulo e em boa parte do Centro-Oeste.

Modelo ECMWF prevê rajadas de vento acima de 100 km/h

No processo de formação de um ciclone sobre regiões continentais a ocorrência de tempo severo é bastante comum, ainda mais durante a primavera, quando há maior contraste térmico. Assim, as chuvas podem vir a acontecer na forma de tempestade, que são caracterizadas pelo volume elevado e pela intensas rajadas de vento.

No entanto, além da formação das instabilidades, a própria circulação do ciclone pode provocar rajadas de vento intensas. Como pode ser o caso deste próximo evento, que, entre o meio da tarde e o início da noite, rajadas acima dos 100 km/h estão sendo previstas para o leste do Rio Grande do Sul pelo modelo ECMWF.

PUBLICIDADE

GRUTA AZUL


É importante ressaltar, que ainda não se configura um alerta e uma certeza da ocorrência deste evento, uma vez que se trata de uma tendência e a intensidade, bem como o locacional dos fenômenos mais intensos podem sofrer mudanças nos próximos dias.

Vai fazer frio?

Sempre na retaguarda de uma frente fria há a atuação de massa de ar frio, e esta primavera está sendo bem caracterizada por eventos tardios de frio, como o que ocorreu na última semana.

Para este próximo evento, há sim uma massa de ar frio que irá proporcionar uma redução das temperaturas, porém não possui grande amplitude a ponto de avançar mais para norte, se situando mais ao sul do Rio Grande do Sul. Trata-se de um evento menos intenso e mais passageiro, que proporciona temperaturas amenas no início da manhã no leste da Região Sul até o estado de São Paulo, mas o calor volta a predominar a partir do fim da manhã.

Comunicar erro
Dill Pedras

Comentários

Gruta Azul