Guarda Municipal dispersa em torno de 550 pessoas na Cidade Baixa e Centro Histórico de Porto Alegre

Já no bairro Moinhos de Vento não foram registradas aglomerações

Por Gê do Poa em 20/11/2021 às 11:15:22
Praça Júlio Mesquita, perto da Usina do Gasômetro, reunia cerca de 300 | Foto: GM / Divulgação / CP

Praça Júlio Mesquita, perto da Usina do Gasômetro, reunia cerca de 300 | Foto: GM / Divulgação / CP

A Guarda Municipal dispersou cerca de 550 pessoas nos bairros Cidade Baixa e Centro Histórico de Porto Alegre. As operações ocorreram entre a noite de sexta-feira e madrugada de sábado. Houve a participação da da Brigada Militar, Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo e da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), visando o cumprimento dos decretos e protocolos sanitários relacionados à Covid-19.

Na Cidade Baixa, a dispersão de 150 pessoas aconteceu na esquina das ruas General Lima e Silva e República de 150 pessoas. Já entre as ruas José do Patrocínio e República, outras 100 tiveram de deixar a área. Os guardas municipais flagraram ainda cerca de 300 pessoas na praça Júlio Mesquita, perto da Usina do Gasômetro. O local ficou vazio depois da ação.

Segundo o comandante da Guarda Municipal, Marcelo do Nascimento, não houve aglomerações no bairro Moinhos de Vento. "Acreditamos que o decreto está gerando resultado", avaliou, referindo-se às recentes regras de convivência entre estabelecimentos comerciais, frequentadores e moradores da região.

Conforme o decreto municipal, os bares, cafés, lancherias, restaurantes e similares no bairro Moinhos de Vento deverão, após as 24h, deverão restringir a atividade ao consumo em área interna. Também ficou definido o limite de funcionamento das 7h às 24h para loja de bebidas, mini mercado, conveniência e similares, exceto das operações em postos de gasolina.

PUBLICIDADE


A atuação de ambulantes também permanece vedada entre as 24h e as 7h, exceto em pontos fixos autorizados. Ainda conforme o decreto municipal, no período das 22h às 7h, fica proibida a utilização de equipamento ou instrumento de som em via pública. Em qualquer horário, não é permitido em veículos som audível externamente. Além disso, também está proibida a venda por meio de tele entrega de bebidas alcoólicas e alimentos a pessoas em via pública.

Denúncias devem ser feitas pelos telefones 153 e 156.

Comunicar erro
Sheik Burger

Comentários

Tia carmen