22/09/2023 +55 (51) 992423347

Últimas Notícias

Kto

Pai suspeito de matar quatro filhos no RS é denunciado por homicídio qualificado pelo Ministério Público

Por Editor 24/03/2023 às 23:38:16
Promotor responsável pela denúncia afirma que David da Silva Lemos teria praticado os crimes por motivo torpe e por meio cruel. Três das vítimas foram encontradas com marcas de facadas e uma com asfixia, em dezembro de 2022. Suspeito preso por morte dos quatro filhos em Alvorada

Reprodução/RBS TV

O Ministério Público (MP) apresentou, nesta sexta-feira (24), denúncia contra o homem suspeito de matar os quatro filhos em Alvorada, na Região Metropolitana de Porto Alegre. David da Silva Lemos foi denunciado por homicídio qualificado. O crime ocorreu em 13 de dezembro de 2022. Relembre detalhes abaixo.

A Defensoria Público do Estado, que representa David, afirma que ''a denúncia faz parte do rito do processo'' e que a instituição seguirá atuando no caso, ''visando garantir a plena defesa e o contraditório, como prevê a Constituição''.

O promotor de Justiça responsável pela denúncia, Marcelo Tubino, alega que o suspeito teria praticado os crimes por motivo torpe, ao utilizar a morte dos filhos como ''instrumento de sofrimento à ex-companheira''; por meio cruel, ''desferindo nas vítimas múltiplos golpes com arma branca, causando-lhes extenso sofrimento'' e por asfixia, no caso da menina de 3 anos.

O promotor acrescenta que os crimes foram praticados contra menores de 14 anos e contra mulher, por razões da condição do sexo feminino no Ăąmbito de violência familiar, já que três das vítimas eram meninas.

LEIA TAMBÉM:

'Dói deitar na cama e não ter eles', diz mãe das vítimas

'Fez pra atingir minha filha', diz avó de vítimas

Suspeito já havia agredido a mulher

''O denunciado, mediante mensagens trocadas com a ex-companheira, demonstrava ciúme doentio, em verdadeiro sentimento de posse, cobrando o retorno do relacionamento, também a proibindo de manter outros encontros, sistematicamente questionando-a com quem ela andava. Sendo assim, enquanto estava sozinho em casa com os filhos, o denunciado, para impingir dor à ex-companheira, já que ela resistia a retomar a relação, matou os filhos'', afirma Tubino.

As vítimas são os irmãos Yasmin Antunes Lemos, de 11 anos; Donavan Antunes Lemos, de 8 anos; Giovanna Antunes Lemos, de 6 anos; e Kimberlly Antunes Lemos, de 3 anos. Três delas foram encontradas com marcas de facadas e uma com asfixia.

Os irmãos mortos em Alvorada

Arquivo pessoal

Relembre o caso

As crianças foram encontradas mortas na casa onde estavam com o pai em Alvorada por volta das 19h30 de 13 de dezembro, quando familiares acionaram a polícia. O homem já havia deixado o local, mas foi encontrado no dia 14 em um hotel na capital, Porto Alegre.

Segundo a polícia, ao ser preso, o homem disse que cometeu o crime e que deu calmante às crianças antes da morte. No entanto, na delegacia, durante o depoimento e acompanhado de um defensor público, permaneceu em silêncio.

A avó materna das quatro crianças relatou à reportagem da RBS TV, que o suspeito já havia agredido a mãe das crianças e que cometeu os crimes para atingi-la.

A mãe da criança e David tiveram um relacionamento por 11 anos. Eles haviam se separado há cerca de três meses na época do crime. O rompimento foi motivado por uma agressão. Ela registrou um boletim de ocorrência e conseguiu medida protetiva contra o homem.

Mapa mostra o local onde o crime ocorreu e onde o suspeito foi preso

Arte/g1

VÍDEOS: Tudo sobre o RS
Comunicar erro
ComentĂĄrios