TV NEWS

Polícia indicia quatro pessoas por morte de bebê de 1 ano após tiroteio em Porto Alegre

Por Gervásio do POA 24h em 10/01/2023 às 17:28:11
Alvo dos suspeitos era o pai da criança. No momento dos disparos, o bebê estava no colo do homem. De acordo com delegada que investiga o caso, o crime teria sido motivado por disputas por pontos de venda de drogas. A Polícia Civil indiciou quatro suspeitos pela morte de um bebê de 1 ano e 11 meses após tiroteio em Porto Alegre. O crime ocorreu em agosto de 2022, no Bairro Lomba do Pinheiro, na Zona Leste da capital. A vítima foi identificada como Rayan Valentyn Thomas Jaques.

Um homem preso, a namorada dele e dois executores foram indiciados por homicídio doloso (quando há a intenção de matar) e por tentativa de homicídio qualificado contra o pai da criança, que era o alvo dos suspeitos. No momento dos disparos, o bebê estava no colo do homem.

De acordo com a delegada Isadora Galian, responsável pela investigação do caso, o crime foi ordenado de dentro da cadeia por um preso de 27 anos. A namorada dele, de 25 anos, fez a intermediação.

A pedido do detento, a mulher determinou que dois subordinados, ambos de 19 anos, executassem o homem. O crime teria sido motivado por disputas por pontos de venda de drogas na região.

Conforme a delegada, os dois suspeitos se deslocaram até o local, invadiram a casa e efetuaram vários disparos ao identificar o homem. Ele não foi baleado, mas o bebê foi atingido nas costas.

A criança foi socorrida e levada até uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e ao Hospital de Pronto Socorro (HPS), mas não resistiu aos ferimentos.

A Polícia Civil pediu a prisão preventiva de todos os envolvidos, mas o Judiciário deferiu apenas a de um dos executores, que foi preso. O Ministério Público (MP) recorreu da decisão.

Criança de 1 ano é morta durante tiroteio na Lomba do Pinheiro, em Porto Alegre

Comunicar erro
TV NEWS

Comentários

Tia Carmen
Tia carmen