TV NEWS

Após transferência de presos para fora do RS, Secretaria de segurança Pública espera redução de homicídios

Foram enviados 13 criminosos para unidades de segurança máxima em outros Estados

Por Gê do Poa em 19/09/2022 às 14:32:43

Segundo Cúpula da Secretaria de Segurança Pública, o Rio Grande do Sul aposta na transferência de lideranças como forma de tentar conter a criminalidade, num cenário de acirramento da violência, especialmente na Região Metropolitana. Estão sendo enviados para penitenciárias federais fora do Estado criminosos que, embora já estivessem encarcerados, seguiriam envolvidos no comando de delitos cometidos pelas facções. Às 14h32min, os 13 apenados decolaram da Capital, num avião da Polícia Federal.

Esses 13 presos estão vinculados a quatro facções, três delas envolvidas nos últimos conflitos em Porto Alegre e na Região Metropolitana. Ao longo do mês de agosto, a Capital enfrentou salto nos homicídios, com o dobro de casos no comparativo com o mesmo período do ano passado. Foram 26 assassinatos em agosto, sendo a maioria vinculada ao tráfico de drogas. Sabe-se que boa parte das ordens para essas execuções ainda parte de dentro das cadeias.

— Tivemos uma onda muito ruim no mês de agosto, especialmente na Capital, numa disputa sangrenta entre organizações criminosas. Nós não admitimos isso e não vamos admitir de maneira nenhuma. Vamos reconduzir essas lideranças para o sistema penitenciário federal, onde ficarão totalmente isoladas. Com essa ação, junto com outras, nós teremos sim, novamente, a redução desses indicadores, voltando à normalidade, especialmente os homicídios que têm na sua origem as disputas entre essas organizações criminosas — afirmou o governador Ranolfo Vieira Júnior.

Comunicar erro
TV NEWS

Comentários

Tia Carmen
Tia carmen