Pais de advogada desaparecida em São Leopoldo relatam angústia e oferecem recompensa por informações

Por Ge do Poa em 01/08/2022 às 14:20:24

Alessandra Dellatorre foi vista pela última vez no dia 16 de julho, no bairro Cristo Rei

A família de Alessandra Dellatorre, de 29 anos, divulgou neste sábado, 30, um vídeo onde relata a angústia pelo desaparecimento da filha e oferece uma recompensa de R$ 15 mil para quem conseguir informações que levem à localização da jovem com vida. A advogada desapareceu no dia 16 de julho, no bairro Cristo Rei, em São Leopoldo, depois de sair para caminhar.

Em um vídeo publicado no YouTube, os pais de Alessandra, Eduardo e Ivete Dellatorre, aparecem segurando o retrato da filha e fazendo um relato sobre a angústia que vivem nos últimos 15 dias. "Nossa vida tem sido um eterno chorar, um eterno lamentar, seja de noite, seja de dia. A gente adormece no cansaço extremo e acorda em pesadelo, com as imagens dela. A gente se alimenta somente o mínimo necessário para nos mantermos em pé e na esperança de que podemos tê-la novamente viva em nosso lar. Nós estamos sem ar, sem vida. Sem a nossa filha, o mundo terminou para nós", pontuou o pai.

A advogada Alessandra Dellatorre, de 29 anos, que está desaparecida em São Leopoldo, é filha da farroupilhense Ivete Stella Dellatorre. Os avós e um tio de Alessandra moram ainda em Farroupilha. A mãe se mudou para o município da Região Metropolitana de Porto Alegre quando casou.

O casal pede que todos que tiverem alguma notícia do paradeiro de Alessandra informem à polícia imediatamente. Para facilitar o recebimento de informações, a família disponibilizou um número de telefone com WhatsApp, exclusivo para este fim: (51) 99771-5838. O contato foi divulgado pelo namorado da jovem, Guilherme Zagonel, em post no Instagram, no qual é informado o valor de R$ 15 mil como recompensa.


Fonte: DIARIO GAÚCHO

Comunicar erro
Tia carmen

Comentários

ascol