Azeite produzido no RS é eleito o melhor do hemisfério sul por concurso italiano

Por Editor em 24/05/2022 às 17:37:21
Milonga é feito com a variedade arbequina, de origem espanhola, e está no segundo ano de produção. Pomar fica em Triunfo, na Região Metropolitana de Porto Alegre. Azeite Milonga é produzido em Triunfo

EVO IOOC Italy/ Reprodução

Um azeite de oliva extra virgem produzido no município de Triunfo, na Região Metropolitana de Porto Alegre, ganhou o prêmio de melhor do hemisfério sul em um concurso italiano. O resultado do EVO IOOC Italy 2022 foi divulgado no sábado (21).

O Azeite Milonga é feito com a variedade arbequina, que é de origem espanhola, está no segundo ano de produção.

"Estamos muito felizes, porque estamos fazendo um trabalho que está dando certo", celebra Aristides Vogt, sócio da Celebra Alimentos, responsável pela produção.

De acordo com Vogt, são pomares novos, com seis anos. A empresa familiar conta, atualmente, com 50 hectares exclusivamente para oliveiras. A primeira produção, no ano passado, foi pequena. Neste ano, foram 8 mil litros. Foi a primeira vez que o produto foi inscrito.

"O Brasil começou a produzir excelentes azeites e vai impulsionar a qualidade dos produtos", afirma Vogt.

O Milonga também foi destacado com outros dois azeites, o blend com arbequina e coratina ganhou medalha de ouro, e outro com a variedade koronieki, de origem grega, ganhou medalha de prata.

O produto é vendido em prioritariamente pelo site da marca e em duas casas especializadas em Porto Alegre. A projeção, de acordo com o sócio, é expandir a produção e chegar a 50 litros em quatro anos.

O concurso também premiou o Lagar H como o melhor do hemisfério considerando produtos monovarietais, também com arbequina. O produto é feito em Cachoeira do Sul. Na semana passada, outros dois azeites produzido em Viamão ganharam medalha de ouro em concurso ocorrido em Nova York.

VÍDEOS: Tudo sobre o RS
Comunicar erro
Tia carmen

Comentários

ascol