Instituto Floresta

SES estima que cerca de 211 mil pessoas não tenham registro do recebimento da 2ª dose da CoronaVac no RS

Por Editor em 09/06/2021 às 15:54:18
Cidades do estado ainda relatam longa lista de pessoas imunizadas apenas com a 1ª dose da vacina produzida pelo Instituto Butantan. Estado ainda aguarda recebimento de novo lote. Municípios do RS aguardam novo lote da CoronaVac para completar a imunização

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) do Rio Grande do Sul estima que 211 mil pessoas não tenham registro de recebimento da 2ª dose da Coronavac no estado. Isso significa que ainda falta a aplicação da vacina ou ainda não foi feito o registro do recebimento por parte do município.

A produção da vacina feita pelo Instituto Butantan, em São Paulo, paralisou, no dia 14 de maio, por falta de insumos vindos da China. No final do mesmo mês, a produção foi retomada, mas ainda não foram enviadas novas remessas ao Ministério da Saúde.

Com isso, muitas cidades registram atraso para completar o esquema vacinal dos imunizados com a CoronaVac. Apenas em Porto Alegre, segundo a Secretaria Municipal de Saúde, são 33 mil pessoas em atraso.

Em outras regiões do estado, a lista de pessoas esperando também é grande. Na Região Sul, por exemplo, Pelotas tem 9.529 pessoas com a 2ª dose em atraso. Em Rio Grande, são 4.650.

Veja a situação em algumas regiões do estado

Região Metropolitana de Porto Alegre

Novo Hamburgo ainda precisa de 7 mil doses de CoronaVac para completar o ciclo vacinal de duas doses do imunizante. O município chegou a ter 15,5 mil pessoas na fila, com espera além dos 28 dias, mas reduziu este número para 7 mil com as doses recebidas até dia 18 de maio.

Região Sul

Na Região Sul, segundo a Coordenadoria Regional de Saúde, faltam 18 mil doses de CoronaVac para completar o esquema vacinal de pessoas com a imunização em atraso.

As cidades com o maior número são Pelotas (9.529), Rio Grande (4.650) e Canguçu (1.670). Outros municípios que aguardam o imunizante são: Capão do Leão, Cerrito, Cristal, Jaguarão, Morro Redondo, Pedro Osório, Santana da Boa Vista, Santa Vitória do Palmar, São José do Norte e Turuçu.

Região da Campanha

Na região são 2.208 doses em atraso. As vacinas deveriam ter sido aplicadas em idosos que receberam a 1ª dose em abril.

São 2 mil atrasadas apenas em Bagé, outras 132 em Candiota, 50 em Dom Pedrito e 26 em Hulha Negra.

Serra

Dos 49 municípios que a 45ª Coordenadoria de Saúde abrange, 16 estão com falta de doses da CoronaVac, somando 2.475 doses.

Os cinco municípios com mais falta de doses são: Bento Gonçalves (1.374), Farroupilha (250), Flores da Cunha (250), Vacaria (180) e Veranópolis (180).

Alguns municípios que vacinaram 100% dos atrasados estão fazendo o levantamento de doses que sobraram para fazer uma distribuição a cidades vizinhas.

Região Noroeste

As 24 cidades da região aguardam a chegada de 2.500 doses de CoronaVac. As mais necessitadas são São Borja, São Luiz Gonzaga e Porto Xavier.

Em Pirapó, cidade de 2.500 habitantes, faltam 250 doses da vacina. Ou seja, cerca de 10% da população espera para completar o esquema vacinal contra a Covid-19.

Já em Santo Ângelo, não há pessoas na fila para receber o imunizante, por isso, o município deve repassar cerca de 150 doses que sobraram.

Na região de Santa Rosa, dos 22 municípios, 12 estão com pessoas em atraso, totalizando 500 doses.

Região Norte

O número de doses faltantes na região é de 4.040, sendo Erechim o município com mais pessoas em atraso. Os números por cidade não foram informados.

Região dos Vales

Na Região dos Vales o quantitativo faltante está dividido por regiões. Na região de Santa Cruz do Sul são 2.500 doses necessárias. Na região de Cachoeira do Sul são 1.886 e na de Lajeado, 1.185.

Novo lote da vacina CoronaVac chegou ao RS neste sábado

Itamar Aguiar / Palácio Piratini

VÍDEOS: tudo sobre o RS
Comunicar erro
TV

Comentários

AMERICANAS