Instituto Floresta

Covid: Brasil registra 2.390 novas mortes e tem 6 estados em alta na média

Brasil registrou mais de 92 mil casos nas últimas 24 horas, maior número desde 25 de março

Por Editor em 03/06/2021 às 08:01:53
Brasil registrou mais de 92 mil casos nas últimas 24 horas, maior número desde 25 de março Imagem: Rogério Galasse/Estadão Conteúdo

Brasil registrou mais de 92 mil casos nas últimas 24 horas, maior número desde 25 de março Imagem: Rogério Galasse/Estadão Conteúdo

O Brasil registrou hoje 2.390 novas mortes de covid-19 e tem seis estados com tendência de aceleração, o maior número de estados em alta desde 20 de abril. Além disso, o país teve hoje o maior registro de novos casos em dois meses. Ambos os indicadores apontam o início de uma nova subida nos números do país.

Foram registrados hoje 92.115 novos diagnósticos da doença, o maior número desde 25 de março. Ao todo, o país já tem 16.717.687 diagnósticos de coronavírus. Já em óbitos o total chega a 467.702. Os dados foram obtidos pelo consórcio de veículos de imprensa, do qual o UOL faz parte, junto às secretarias estaduais de saúde.

Os dados não representam quando os óbitos e diagnósticos de fato ocorreram, mas, sim, quando passaram a constar das bases oficiais dos governos.

Embora apresente tendência de estabilidade há 15 dias, a média móvel diária do país ficou em 1.868. Este número está acima de 1.000 há 133 dias. Durante a chamada primeira onda, o maior tempo que a média móvel ficou acima de mil foi 31 dias.

A média de hoje é comparada com o índice de 14 dias atrás —que é o tempo comum de manifestação da doença. Se essa variação fica acima de 15%, há aceleração, abaixo de -15% é desaceleração e, entre os dois índices, indica tendência de estabilidade.

Os seis estados que apresentaram tendência de alta foram: Roraima (42%), Tocantins (33%), Bahia (20%), Paraíba (16%), Pernambuco (24%) e Mato Grosso do Sul (52%). Seis estados tiveram queda e outros 13 estados mais o Distrito Federal tiveram estabilidade.

Devido a problemas técnicos no site, hoje o Ceará não divulgou o número de casos e mortes, por isso ficou fora da lista de estados no cálculo da média móvel.

Seis estados reportaram mais de cem mortes de covid-19 nas últimas 24 horas. A soma do total de vítimas destes locais (1.709) representa mais do que a metade do total de mortes no país:

  • São Paulo - 717
  • Minas Gerais - 324
  • Rio de Janeiro - 256
  • Paraná - 161
  • Rio Grande do Sul - 130
  • Goiás - 121

Das regiões, apenas o Norte apresentou queda (-23%). As demais tiveram estabilidade: Centro-Oeste (8%), Nordeste (-5%), Sudeste (-7%) e Sul (1%).

Dados do Ministério da Saúde

O Ministério da Saúde informou nesta quarta-feira (2) que o Brasil reportou 2.507 novas mortes provocadas pela covid-19 em todo o país entre ontem e hoje. O total de óbitos causados pela doença chegou a 467.706 desde o começo da pandemia.

Pelos dados da pasta, houve 95.601 diagnósticos positivos para o novo coronavírus no Brasil nas últimas 24 horas. Desde março de 2020, o total de infectados é de 16.720.081.

De acordo com o governo federal, 15.168.330 pessoas se recuperaram da doença até o momento, com outras 1.084.045 em acompanhamento.

Veja a situação por estado e no Distrito Federal:

Região Sudeste

  • Espírito Santo: queda (-28%)
  • Minas Gerais: estável (-9%)
  • Rio de Janeiro: queda (-29%)
  • São Paulo: estável (5%)

Região Norte

  • Acre: estável (-4%)
  • Amazonas: queda (-41%)
  • Amapá: estável (-10%)
  • Pará: queda (-41%)
  • Rondônia: estável (-11%)
  • Roraima: alta (42%)
  • Tocantins: alta (33%)

Região Nordeste

  • Alagoas: estável (15%)
  • Bahia: alta (20%)
  • Ceará: estável (-6%) *O estado não enviou dado até as 20h de hoje, por isso a variação se refere aos números de ontem
  • Maranhão: estável (13%)
  • Paraíba: alta (16%)
  • Pernambuco: alta (24%)
  • Piauí: queda (-38%)
  • Rio Grande do Norte: estável (11%)
  • Sergipe: queda (-17%)

Região Centro-Oeste

  • Distrito Federal: estável (7%)
  • Goiás: estável (-8%)
  • Mato Grosso: estável (0%)
  • Mato Grosso do Sul: alta (52%)

Região Sul

  • Paraná: estável (-1%)
  • Rio Grande do Sul: estável (0%)
  • Santa Catarina: estável (7%)
Comunicar erro
TV

Comentários

AMERICANAS