sheik
casa da linguiça
REFORMA POA

São reformados os Portões do Sistema de Proteção Contra Inundações em Porto Alegre

Dos 14 portões que compõem o sistema de contenção, 12 passarão por reparos

29/02/2020 20h25Atualizado há 1 mês
Por: Redação
68

Os portões de 3,5 metros do Sistema de Proteção Contra Inundações formam reformados neste final de semana. Na manhã de sábado, uma empresa contratada pela prefeitura de Porto Alegre realizou a pintura da estrutura e construiu um muro de contenção de aproximadamente 1,20 metro de altura. Para a realização dos trabalhos de reforma do portão 14, próximo do DC Navegantes, na zona Norte da Capital, não foi necessário o fechamento dos dois portões. No local, foram colocados cavaletes para chamar a atenção dos motoristas que trafegavam na região sobre a presença dos trabalhadores na área. 

Os serviços foram iniciados no dia 8 de fevereiro pelas equipes do Departamento Municipal de Água e Esgotos (Dmae). A comporta de número 12, próximo à avenida Cairú, também foi consertada, porém não foi necessário restringir a circulação de veículos.

www.carmensclub.com.br

Na semana passada, no portão 14, ocorreu a instalação de novos trilhos para fechamento das duas comportas metálicas, que totalizam 16 toneladas. Ao abrir o asfalto, foi identificado que os trilhos tinham sido retirados na época da colocação da camada asfáltica. Também foram feitos muros e meios-fios. Já no portão 12, a programação contemplou a lixação, a aplicação de antiferrugem e a pintura. Além disso, o Dmae está realizando a concretagem de áreas frontais de ambas as comportas para evitar que a vegetação avance sobre elas e também para inibir o descarte de resíduos no local.

Dos 14 portões que compõem o sistema, 12 passarão por reparos, como limpeza geral do entorno, pintura, lubrificação, raspagem de pontos oxidados e substituição de partes não recuperáveis. O departamento é o responsável pela execução do serviço, com apoio da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (SMSUrb), que desde 2017 realiza esse trabalho.

As intervenções foram realizadas pela empresa Bombas Sinos, pelo valor de R$ 416 mil. Os serviços tiveram início no dia 20 de janeiro e três dos equipamentos, no Muro da Mauá, já estão recuperados (portões 5, 6 e 7). Construído no início da década de 1970, o Muro da Mauá possui 2.647 metros de comprimento, e sua parte visível acima do solo, em concreto armado, tem três metros de altura. Situado às margens do Guaíba, faz parte do Sistema de Proteção Contra Inundações.

#poa24hs

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.