sheik
casa da linguiça
Capão do Leão

Padrasto e enteado são presos por atearem fogo em homem que estava dormindo

Segundo a polícia, homens entraram na casa e ainda tentaram ferir a companheira do ferido. Motivo seria o furto de um botijão de gás e de uma bicicleta.

25/02/2020 13h42Atualizado há 1 mês
Por: Redação
82

Padrasto e enteado, de 54 e 30 anos, foram presos, na manhã desta segunda-feira (24), suspeitos de atear fogo em homem enquanto ele dormia em Capão do Leão, no Sul do estado. A suspeita, segundo a Polícia Civil, é que eles tenham ido a casa do atingido, no bairro Jardim América, resolver uma questão pessoal referente a um furto.

"A motivação do crime seria que a vítima teria furtado da dupla um botijão de gás e uma bicicleta. Eles foram resolver o problema com as próprias mãos", diz o inspetor Alexandre Lucatelli.

Segundo o inspetor, a polícia recebeu a denúncia do crime e, cerca de uma hora depois, prendeu a dupla. No carro em que estavam foram encontrados um machado, dois galões com resquícios de gasolina e dois isqueiros.

"O fogo foi posto direto na vítima", destaca Lucatelli.

As chamas tomaram conta da casa, que ficou parcialmente destruída. A dupla ainda teria atirado duas vezes contra a companheira do homem, mas não acertaram nenhum disparo. O cachorro do casal morreu carbonizado no local.

Ainda de acordo com o inspetor, vizinhos agiram para apagar o fogo e chamaram o resgate, mas o fogo só foi controlado após a chegada do Corpo de Bombeiros.

 

Conforme a polícia, o homem foi levado à UTI do Pronto Socorro de Pelotas em estado grave e, até a tarde desta segunda, o quadro era estável. A dupla foi presa em flagrante e encaminhada ao sistema prisional, onde deve responder por tentativa de homicídio.

 

#poa24hs

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.