sheik
sheik
casa da linguiça
TRAGÉDIA

Professor que morreu ao cair do Morro das Furnas tentava jogar uma rosa para Iemanjá

Professor de capoeira estava com alunos, em uma excursão, quando despencou de uma altura superior a 30 metros

14/01/2020 19h08
Por: Fabrício Vieira
Fonte: Agência GBC
845

Juliano Pinto, 45 anos, morreu ao cair do Morro das Furnas, em Torres, no Litoral Norte do Rio Grande do Sul. Professor de capoeira, ele era natural de Soledade, no Norte do Estado.

Conforme o Corpo de Bombeiros, a queda foi de aproximadamente 35 metros. Segundo familiares, Juliano acompanhava uma excursão com um grupo de alunos.

A imagem pode conter: comida e texto

O professor e o grupo chegaram por volta de 06h em Torres, mas as duas casas que alugaram só estariam liberadas a partir das 09h. Diante disso, decidiram ir até a praia.

Segundo um dos alunos, Juliano foi jogar uma rosa para Iemanjá. Como o vento soprava contrário, impedindo o trajeto desejado da rosa, o professor resolveu dar um impulso maior para vencer o vento, mas acabou se desequilibrando, tendo em vista que tinha uma perna machucada.

A queda foi fatal. Os bombeiros resgataram de rapel o corpo do professor. Os trabalhos de remoção duraram mais de 1 hora.

Juliano era professor de capoeira da rede pública de ensino de Soledade. As viagens com os alunos era um hábito anual do educador.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários