sheik
casa da linguiça
sheik
Pacto Sinistro

Homem morre atropelado e sua colega é encontrada morta em sua casa

Sandro e Eliane perderam a vida nesta segunda-feira, 9

11/12/2019 04h09Atualizado há 3 meses
Por: Redação
968
Sandro e Eliane morreram na segunda-feira, dia 9.
Sandro e Eliane morreram na segunda-feira, dia 9.

Morte de homem chocou a comunidade de Parobé na noite desta segunda-feira, 9. A Brigada Militar foi acionada para atender uma ocorrência na ERS-239, próximo do quilômetro 42, onde um homem havia sido atropelado.

Ao chegar no local, a guarnição foi surpreendida com relatos de populares, que apontava que o rapaz havia cometido suicídio, ao se atirar em frente a um ônibus de passeio. O rapaz foi identificado como Sandro Daniel de Souza, de 41 anos, e ainda segundo relatos a BM, populares ajudaram o motorista que estava passando mal dentro do seu veículo, um Ford KA, que estava na lateral da pista.

Após ser retirado do veículo, Sandro recobrou a consciência e acabou correndo para a via onde foi atropelado. Ele chegou a ser socorrido pelos bombeiros do município ainda com vida para o hospital, porém acabou falecendo no caminho.

As testemunhas que retiraram Sandro do veículo afirmaram que o rapaz tinha cortes nos pulsos, e no interior do veículo havia um forte cheiro de gás. Então os policiais vasculharam o KA e acabaram encontrando um botijão. A Polícia Civil, no entanto, não confirma que havia vazamento no vasilhame.

Morte da mulher na casa de Sandro

A Brigada Militar iniciou as investigações e tentou contatar a família de Sandro para informar da fatalidade. E para a surpresa dos policiais, foram informados que uma mulher havia sido encontrada morta na residência do rapaz.

Tratava-se de Eliane Conceição Bernardo, de 32 anos, que estava deitada na cama e sem roupas, aparentemente sem ferimentos. Pela casa, porém, havia diversos rastros de sangue. Além disso, a moto dela estava estacionada na casa. Ainda não se sabe a relação de Sandro com a mulher.

A Polícia Civil está conduzindo as investigações sobre o caso, e o Instituto Geral de Perícias foi acionado para averiguar as causas da morte. A principal linha de investigação dos agentes é que o rapaz tenha cometido o feminicídio e em seguida atentou contra a própria vida.

A Prefeitura de Parobé lançou uma nota de pesar em referência a Sandro Daniel de Souza, 41 anos, morto após atropelamento na ERS-239, e Eliane Conceição Bernardo, 32 anos, encontrada sem vida na casa de Sandro. As causas da morte dela ainda são apuradas pela Polícia Civil de Parobé, que está a cargo das investigações.

Sandro e Eliane trabalhavam no setor de Assistência Social do município. Ele era servidor da Prefeitura no setor do Bolsa Família, enquanto ela realizava suas funções setor do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS).

“O Executivo Municipal se solidariza com os familiares e amigos dos servidores da Secretaria de Assistência Social Eliane Conceição Bernardo e Sandro Daniel de Souza, falecidos na noite desta segunda-feira (09). Em virtude disto, a Secretaria de Assistência Social informa que não haverá expediente nesta terça-feira (10), voltando a atender normalmente a comunidade nesta quarta-feira (11)”, informou o Executivo.

Mortes chocaram a comunidade

Sandro e Eliane perderam a vida nesta segunda-feira, 9. Ele foi retirado em um veículo KA, na ERS-239, por motoristas que circulavam pela via. Sandro tinha sinais de auto-flagelamento, com cortes nos braços.

Após ser retirado do carro, ele correu em direção a estrada e acabou sendo atingido por um ônibus da empresa Via Sul. Chegou a ser socorrido com vida pelos bombeiros locais, porém faleceu a caminho do hospital São Francisco de Assis.

Já a morte de Eliane intriga a polícia. Ela foi encontrada na casa de Sandro por parentes dele, na rua João Knack, no bairro Guarani. Ela estava sem roupas e sem marcas de agressão, porém, havia manchas de sangue pela residência. A Polícia Civil aguarda os laudos do IGP para iniciar a investigação e entender a ligação das mortes.

#poa24hs

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.